Jazz em Parati

Só do nome, já gosto muito de Parati. Um lugar que inspira você a parar só um pouquinho. Parar pra ver a paisagem, pra sentir, pra respirar fundo, pra fechar os olhos, e o que for te fazer parar por ali.

Grandpa Elliott da Playing for Change, por Bruno Lucattelli

Fui pra Parati, que fica no RJ, logo na divisa com o litoral norte de SP, este final de semana assistir ao Bourbon Street Festival Paraty. O festival foi incrível! Fui muito por assistir a banda Playing for Change. Essa banda é uma iniciativa de um americano que juntou diversos artistas de rua do mundo todo em uma banda que toca com o nome de “Tocando por Mudança” e carregam essa mensagem de paz, igualdade,  irmandade e coletividade pelo mundo. Aliás, acabam de lançar seu segundo CD. Uma boa trilha pra algum jantar…

Mas voltando à Parati… Quer dizer, chegando à Parati…

Na verdade, chegar em Parati foi um pouco de um problema. A rota indicada pelo todo poderoso Google de fato foi a mais curta, por Cunha. E essa rota tem um trecho de terra de uns quase 10 km. É uma trilha totalmente off road! Pra quem tem carro 4×4, maravilha. No meu caso, foi um belo perrengue. Mas o asfalto chega, finalmente!

Acho que uns 2 km depois da trilha, na beira da estrada, tem uma pontezinha que passa por cima de uma cachoeira linda, com uma pequena placa que indica um restaurante do outro lado. Villa Verde é o nome do lugar.

Um jardim no meio da Mata Altântica, cachoeira particular e um restaurante espetacular de massas artesanais.

Eu comi (e recomendo) o raviolli de zucca com manteiga de sálvia. Massa delicada e fresca, com recheio equilibrado da abóbora e queijo parmesão. Leve.

Não por acaso, o restaurante tem um chef! Dario Rossera, um suíço-alemão que deixou as terras de lá pra viver num paraíso verde pertiho de Parati.

Nem preciso dizer: pare por lá!

Estrada Parati-Cunha, km 7.

(Para quem não tem 4×4, vá de SP para Parati pela Tamoios, e depois pegue a estrada de Cunha, que neste ponto ainda é asfaltada!)

One comment

  1. Mas quem tem 4×4 e curte aventura, vá por Cunha porque vai se divertir bastante, e o restaurante vai ser uma ótima recompensa! PS: Tem um parque junto ao restaurante que dá pra sentar de frente para a água corrente e relaxar um pouco antes de seguir viagem.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: