Queijo da Canastra: stand up for your rights

As normas higiênicas brasileiras são uma das mais rigorosas do mundo. Ironicamente, é uma das menos fiscalizadas também.

Segurança alimentar é primordial. Mas em alguns casos, lei  peca pelo excesso. Por exemplo, quando essa norma te impede de fazer ou comercializar um produto fantástico, de verdade, um patrimônio nacional: o Queijo da Canastra.

A norma sanitária proíbe o leite cru. Este leite não passa pelo processo de pasteurização, que elimina suas todas suas bactérias, inclusive as benéficas, junto com nutrientes e enzimas naturais do leite. Com isso, mata-se toda especifidade desse queijo.

[Enquanto isso, muitos bebem leite ‘longa vida’, que é pasteurizado e em seguida legalmente misturado com um percentual de soda cáustica.]

Por utilizar o leite cru, o Queijo da Canastra é proibido circular fora de Minas Gerais.

[Enquanto os queijos crus de produção nacional são proibidos, os importados circulam livremente nas prateleiras de mercados. Ê, falta de coerência…]

Mas “longe” do olhos dos fiscais e talvez infelizmente perto demais do bolso deles, o Canastra tá por aí e sendo degustado mundo afora. Clandestino.

Patrimônio cultural e clandestino? Quanta ironia…

Assita ao documentário político e poético de Helvécio Ratton:

2 comments

  1. renata amaral

    Realmente uma pena… esse queijo alem de nosso patrimonio gastronomico, é uma delicia!!!

  2. rim

    This post couldn’t be more right on..

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: