Meditação alimentar

por Suzana Schmitt

Existem diversos tipos de meditação. Os monges budistas tem a tradição de fazer meditação ao caminhar. A idéia principal é a elevada consciência em cada movimento e não a ausência de pensamentos.

Então, porque não meditar enquanto fazemos um ato tão corriqueiro como comer?

Aqui vai uma sugestão, com alguns passinhos, para meditar enquanto se alimenta:

1-     Sente-se com a sua comida em um lugar sereno e tranquilo, sem muitas distrações no ambiente e que permita seu silêncio.

2-     Comece a comer. Ao mastigar mais devagar e mais vezes, permita-se sentir com calma as explosões de sabor, aromas, texturas, temperaturas, a aparência e os prazeres proporcionados em cada mordida. Deguste: tente perceber a evolução dos gostos e sabores do momento que coloca a comida em sua boca até o momento de engolir e inclusive seu retro-gosto (que fica na boca depois de engolir).

3-     Ouça seu corpo e sinta a reação dele diante do que você come. Que sensação aquela mordida te proporciona? Ele te remete a alguma emoção? Te faz bem ou nem tanto?

4-     Perceba que cada mordida nutre nosso corpo, cada célula, cada partezinha do nosso ser, inclusive nossa alma. – Chega de dualismos entre corpo e alma, é tudo uma coisa só! Pense que você está se alimentando também de amor, paz e energias boas.

5-     Faça de cada mordida uma constante afirmação de nossa interdependência. Perceba quantos esforços de seres diferentes fizeram possível ter a comida em nosso prato: as abelhas que polinizaram, as bactérias que favoreceram, o esforço humano (quem plantou, quem cuidou, quem transportou, quem fez o transporte, assim por diante), os nutrientes da Terra, a luz do Sol, por aí, a infinidade.

6-     Tenha em cada mordida a gratidão e respeito por todos estes seres e seus esforços e tudo que eles proporcionam exclusivamente a você – essa comida é realmente um presente! Celebre isso!

7-     Compaixão pelo próximo. Pense que se todos nós nos comêssemos para viver e não vivêssemos para comer, poderíamos compartilhar com mais seres e pessoas.

8-     Voltando a percepção de nossos sentidos corporais, medite um pouco no significado do termo “comer com moderação” e os seus motivos de fazê-lo. (Para sua saúde, como um gesto de respeito aos seres e esforços, como uma forma de ajudar o meio-ambiente?)

Bonito, né?
Não acha que se cada pessoa no mundo fizesse isso de vez em quando, muita coisa seria diferente?!

Você pode fazer essa meditação sozinho ou em grupo, mantendo o silêncio por pelo uma partezinha inicial da refeição.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: