Leia: A insustentável leveza do ser

Livro de Milan Kundera, de origem tcheca, que descobri depois de ler que é um célebre ícone da literatura estrangeira.
Um romance sobre Tomas, um médico, que acha que sua liberdade está em seu não envolvimento em seus diversos casos de amor até encontrar Teresa. Compartilhava a cama com várias mulheres, mas o sono, apenas com Teresa. E a história continua daí, durante a invasão da Rússia na Tchecoslováquia em 68, com as constantes traições de Tomas, o consentimento de Teresa, seus pesadelos e volta sempre para ela.
O autor entremeia a história com quês de filosofia, citando Nietzsche e tudo mais. Lindamente escrito!

Algumas passagens:

“Tomas pensava: deitar com uma mulher e dormir com ela, eis duas paixões não somente diferentes mas quase contraditórias. O amor não se manifesta pelo desejo de fazer amor (esse desejo se aplica a uma série inumerável de mulheres), mas pelo desejo do sono compartilhado (este desejo diz respeito a uma só mulher).” P. 21

“O homem inconscientemente compõe sua vida segundo as leis da beleza mesmo nos instantes do mais profundo desespero. O romance não pode, portanto, ser censurado por seu fascínio pelos encontros misteriosos dos acasos, mas podemos, com razão, censurar o homem por ser cego a esses acasos na vida quotidiana, privando assim a vida da sua dimensão de beleza.” P.58

“Parece que existe no cérebro uma zona específica, que poderíamos chamar memória poética, que registra o que nos encanta, o que nos comoveu, o que dá beleza à nossa vida.” P.209

“Já disse que as metáforas são perigosas. O amor começa por uma metáfora. Ou melhor: o amor começa no momento em que uma mulher se inscreve com uma palavra em nossa memória poética.” P.210

“Compreendiam exatamente o sentido lógico das palavras que pronunciavam, mas sem ouvir o murmúrio do rio semântico que corria entre essas palavras.” P.94

“Não procuro o prazer, procuro felicidade; o prazer sem a felicidade não é prazer.” P.209

2 comments

  1. Gabriel Gallindo

    Boa sugestão, T!
    It’s indeed a fine one.
    I’ve been meaning to watch the movie as well.
    http://www.imdb.com/title/tt0096332/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: